Tag: qualidade de vida

A importância de benefícios para seus funcionários

Os benefícios oferecidos por uma empresa podem ser um grande atrativo no momento do recrutamento de novos colaboradores. Muitas pessoas se candidatam a vagas que garantem benefícios além dos que já são obrigatórios, previstos nos direitos trabalhistas.

Planos de carreira, programas de qualidade de vida e auxílios básicos motivam as equipes, tornando seu desempenho cada vez melhor. O gerenciamento de estímulos extras é uma forma de incentivar os funcionários, fazendo com que a empresa não perca a competitividade em relação à outras empresas, ajudando a construir uma cultura empresarial engajada e positiva. O capital humano faz muita diferença no posicionamento de mercado.

Os benefícios e sua importância

O benefício corporativo é uma recompensa extra ofertada ao funcionário além do salário. Existem diversos tipos de benefícios que em geral, tem por objetivo a garantia de qualidade de vida e bem-estar dos funcionários, de acordo com a cultura e os valores que fazem parte da organização.

Grande parte das companhias garantem apenas os auxílios obrigatórios para que não tenham gastos extras, o que pode gerar o aumento do turnover e do absenteísmo. Excelentes funcionários podem ser perdidos para a concorrência que possui a mesma oferta de salário, oferecendo incentivos a mais.

Para que os benefícios sejam um diferencial em seu negócio, o ideal é prestar a atenção ao perfil de sua equipe e o tipo de profissional que se quer valorizar, para que o ambiente organizacional seja um local motivador. Os colaboradores se sentem valorizados quando percebem a preocupação da empresa com sua qualidade de vida.

Vantagens

É fundamental que a empresa se preocupe em oferecer benefícios que atendam às necessidades do trabalhador, pois isso reflete positivamente no aumento da produtividade e da satisfação dos funcionários.

A motivação, o engajamento, a retenção de talentos e a forma com que os funcionários enxergam a empresa são as principais vantagens.

Profissionais que se sentem valorizados tendem a alcançar um desempenho melhor, tornando-se mais criativos, percebendo que seus esforços são reconhecidos e recompensados.

Principais benefícios

Alguns benefícios corporativos ofertados pelas organizações não são obrigatórios, mas podem servir como um incentivo ao trabalho da equipe.

– Vale-alimentação ou refeição: o benefício é concedido em forma de cartão magnético recarregado mensalmente, ou em uma quantia inclusa ao salário, em que o funcionário pode fazer suas compras em estabelecimentos como supermercados e mercearias ou custear sua alimentação em restaurantes, lanchonetes e padarias.

– Plano de saúde: adotado por muitas empresas como parte essencial, para que os funcionários possam ter uma ajuda extra nos custos com planos de saúde, ficando a critério da companhia arcar ou não com o valor completo da assistência médica.

– Assistência odontológica: funciona basicamente como o plano de saúde, porém o empregador banca apenas o plano odontológico.

– Vale cultura: consiste em valores destinados a aquisição de serviços ou produtos relacionados ao lazer do colaborador, como teatro, cinema, livros e eventos em geral.

– Bem-estar: grandes empresas da atualidade oferecem alternativas para agradar os colaboradores como horários flexíveis, spa, meditação, ioga, salas de jogos, cafés gratuitos, associações com academias, entre outros.

– Bolsas de estudo: este benefício proporciona o crescimento profissional dos funcionários, fornecido com a ajuda de custos de treinamentos, especializações, cursos completos e até mesmo bolsa auxílio faculdade.

O que você achou do nosso texto? Continue acompanhando nossos textos no blog e saiba como melhorar o ambiente organizacional através dos de benefícios em sua empresa.

Psicologia Organizacional e Positiva

Ser feliz no ambiente de trabalho e na profissão que se exerce impacta diretamente na qualidade da vida pessoal. Uma pesquisa feita pela Gallup indica que 85% das pessoas no mundo se sentem desengajadas ou insatisfeitas em seu local de trabalho.

Neste cenário, a psicologia organizacional surgiu para auxiliar as empresas da atualidade a promover o bem-estar dos funcionários no local de trabalho.

 

O que é psicologia organizacional

A psicologia organizacional estuda o comportamento dos funcionários e os fenômenos psicológicos que acontecem em uma empresa, além do impacto destes comportamentos no ambiente organizacional.

Tem como objetivo garantir a qualidade de vida dos colaboradores através de um bom clima organizacional contribuindo com condições favoráveis de trabalho, desenvolvimento de profissionais e a relação harmônica entre eles.

Está inserida em todos os processos que envolvem um ambiente favorável para o indivíduo e a empresa.

 

Áreas de atuação

Ligada à gestão de pessoas, a psicologia organizacional pode estar presente em diversos setores do organograma de uma empresa. Esta área possui atividades, como:

Recrutamento e Seleção: para encontrar profissionais que se encaixem no perfil da empresa.

Treinamento e Desenvolvimento: manter os profissionais novos e antigos em dia com treinamentos.

Clima organizacional: medir a motivação dos funcionários pode auxiliar na mudança de pontos que não estão ajudando.

Gestão de conflitos: um ambiente pacífico e harmonioso garante um clima amigável entre os funcionários.

Análise do plano de cargos e salários: a possibilidade de crescimento dentro da empresa serve como uma grande motivação e deve ser analisada pela área da psicologia.

Diagnóstico organizacional: essencial para medir os pontos positivos e negativos da empresa visando melhorar nos próximos anos.

 

A importância da psicologia no trabalho

Um ambiente equilibrado faz com que a equipe resolva possíveis conflitos e desafios de maneira tranquila. A psicologia organizacional é essencial para entender o comportamento das pessoas no ambiente em que estão inseridas. Deve proporcionar boas condições de convivência que favoreçam o desempenho positivo de qualquer funcionário permitindo que o mesmo seja ouvido.

A qualidade no ambiente de trabalho envolve respeito aos horários de pausa, segurança, comunicação, respeito mútuo, boa relação com a gestão, ética profissional e uma série de outros fatores. Esse conjunto de elementos faz com que o rendimento dos funcionários seja positivo.

Contribui para a prevenção de acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, insatisfação e mal-estar no trabalho.

 

Aplicação da Psicologia Organizacional

O psicólogo empresarial avalia a empresa, o ambiente em que está inserida e as equipes que fazem parte da organização. Auxilia no diagnóstico das principais falhas e problemas que o ambiente possui implementando as soluções mais eficazes.

Através disso, é possível promover ações que motivem funcionários individual e coletivamente, melhorando o clima organizacional.

A empresa pode aplicar a psicologia organizacional internamente, através de um psicólogo que faz parte da equipe e lida com seus colaboradores diariamente ou externamente, com a consultoria de um psicólogo durante uma crise ou para evita-la.

 

Psicologia Positiva como solução

Conhecida também como Psicologia da Felicidade, tem como objetivo o estudo das emoções, traços individuais, das relações e instituições positivas. Propõe a identificação com o que nos torna realmente felizes e não apenas um pensamento otimista.

A psicologia positiva pode ser aplicada na gestão de pessoas abordando temas como relacionamentos positivos, engajamento, sentido na vida e otimismo, práticas capazes de contribuir para a ressignificação do indivíduo no trabalho.

 

© 2021 Blog Missão RH