Category: Apoio RH (page 1 of 2)

Aqui você encontra conteúdo para RH no intuito de apoiar decisões e processos no dia a dia da empresa.  Os desafios mais comuns do RH não estão centralizados  em processos, mas na gestão de pessoas.  Principalmente em gerenciar as relações para ter uma organização com profissionais saudáveis emocionalmente.

Processos, Pessoas e Direção

Por gestão de pessoas, entende-se o conjunto de compromissos que o  departamento de RH assume em várias esferas na empresa. O RH precisa apoiar os gerentes de áreas e  estar alinhado com as políticas e objetivos da organização. Em termos de processo, precisa gerenciar  subsistemas e ainda representar os interesses dos funcionários frente a direção da empresa. Todas essas atividades exigem conhecimento, equilíbrio e uma boa dose de diplomacia.

Por isso, agora os profissionais podem contar com o conteúdo para RH disponível no Blog.  Mais do que um espaço para consulta, os profissionais podem interagir, comentar e criar discussões, contribuindo para a criação de conhecimento.

Cuidando da saúde mental dos profissionais: todo mundo ganha

A importância da manutenção do bem-estar nas empresas vem ganhando espaço a cada ano, pois já se sabe que cuidando da saúde mental dos profissionais, todo mundo ganha. 

Até 2019, a terceira maior causa de afastamento no trabalho foi por transtornos mentais e, em 2020, esse valor aumentou de forma expressiva com a pandemia.

Continue lendo

Você sabe fazer networking?

Networking é a capacidade de criar uma boa rede de contatos profissionais, estabelecendo conexões de interesses em comum. Trabalhar com essa rede é fundamental para quem busca uma recolocação profissional, uma promoção e até mesmo para consolidar a sua carreira.

A grande vantagem é que ele pode ser realizado tanto no ambiente on-line quanto off-line. Quer aprender como fazer networking e aumentar a sua visibilidade profissional? Venha conosco!

Continue lendo

Foco no trabalho: 7 estratégias para você manter a concentração durante o expediente

Manter o foco no trabalho é essencial para desempenhar de forma correta e precisa a sua função. 

Entretanto, sabemos que no dia a dia não é bem assim. Afinal, são inúmeras distrações que podem tirar a nossa atenção e nos deixar dispersos. 

Redes sociais, mensagens de texto e até conversas paralelas que acontecem durante o dia contribuem para a perda do foco. 

Além disso, muitas pessoas também sofrem de TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade), resultando em uma dificuldade ainda maior de manter o foco no trabalho. 

Continue lendo

Impactos do coronavírus no mercado profissional: Como será daqui para frente?

Os impactos do coronavírus no mercado profissional não se restringem apenas ao formato de trabalho à distância.

Com o surgimento do vírus, pudemos acompanhar, também, diversas empresas fechando suas portas e, consequentemente, o aumento de desempregados.

Não somente no Brasil, mas em todo o mundo, o coronavírus vem transformando o setor trabalhista de inúmeras formas. 

Continue lendo

Dezembro Laranja: o combate ao câncer de pele dentro da empresa

Trabalhadores de diversas áreas estão expostos ao sol e nem sempre conhecem os riscos que esta prática pode trazer à saúde.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) aponta que anualmente, cerca de 180 mil novos casos de câncer de pele são diagnosticados no Brasil, correspondendo a 30% dos diagnósticos de tumores malignos.

Pessoas que trabalham ao ar livre, expostas ao sol, estão mais vulneráveis a desenvolver o câncer de pele. Em 2016, um grupo de dermatologistas da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia (EADV, em inglês) destacou que na Europa, os trabalhadores destes setores estão sob risco de desenvolver o câncer de pele, principalmente o não melanoma.

Os resultados da pesquisa apontaram que após cinco anos de trabalho ao ar livre, as chances de ter o tumor duplicam comparado a pessoas que trabalham em lugares fechados. Por isso, as empresas devem adotar em suas instruções de segurança do trabalho o cuidado com a pele como uma prioridade.

A iniciativa da campanha é alertar os sinais do câncer, para diagnóstico e tratamento precoces, que aumentam as chances de cura.

 

O câncer de pele

A pele é o maior órgão do corpo humano e tem a função de revestir e proteger o organismo de agressões, como desidratação, vírus, bactérias e danos causados por fatores ambientais.

O câncer é provocado pelo crescimento anormal das células que compõe a pele e se manifesta de formas distintas. Os tipos mais comuns são o carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular, chamados de câncer não melanoma, que representam altos percentuais de cura quando diagnosticados e tratados precocemente.

Já o melanoma, é o tipo mais agressivo e potencialmente letal, mesmo não sendo o mais incidente. Ao ser descoberto em estágio inicial, o câncer de pele tem 90% de chance de cura.

 

Fatores de risco

A exposição excessiva ao sol e sem proteção é o principal fator de risco, pois os raios solares Ultravioleta A e B danificam a barreira protetora do órgão, desenvolvendo tumores cutâneos.

O uso de câmaras de bronzeamento que também é um agravante que desencadeia a doença, além do histórico familiar de doença de pele, exposição a herbicidas, formaldeído, clorofluorcarbono entre outros produtos tóxicos.

Pessoas de pele, olhos e cabelos claros também estão entre os fatores de risco.

O câncer de pele não melanoma pode se manifestar em feridas que sangram e não cicatrizam, localizadas principalmente em pele exposta ao sol, cicatrizes antigas e úlceras crônicas.

Já o câncer de pele melanoma em sinais antigos, em geral localizados no tronco, em homens e na perna, em mulheres, com as seguintes características: assimetria, borda irregular, cores (vermelho, preto e marrom), diâmetro maior que 6mm e evolução.

 

Cuidados com a saúde da pele

Pessoas que trabalham expostas no sol devem redobrar os cuidados com a pele, por isso, siga algumas orientações:

– Use protetor solar todos os dias, mesmo em dias nublados, reaplicando a cada duas horas.

– Evite a exposição por tempo ilimitado ao sol, principalmente entres as 10h e 16h, quando os raios solares são mais fortes;

– O chapéu é um grande aliado para se proteger do sol, por isso, opte por modelos com aba de pelo menos 7cm e que se estendem ao pescoço ou troco superior;

– Utilizando roupas que cubram o máximo possível da pele e que possuam fator de proteção ultravioleta (FPU);

– Óculos que absorvem 99% do espectro ultravioleta (para evitar a fotoceratite, o pterígeo, a catarata e a degeneração macular);

– Frutas, verduras e legumes têm nutrientes que ajudam a diminuir danos do sol na pele;

– O consumo de água é fundamental para manter o corpo sempre hidratado.

 

Dezembro Laranja em sua empresa

Assim como as campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul, o Dezembro Laranja traz a discussão um dos tipos mais comuns de câncer no Brasil e tratar sobre este tema é essencial para as empresas. O engajamento com os colaboradores faz com que as campanhas unam os times e desenvolvam um ambiente cada vez mais saudável.

Campanhas de prevenção ao câncer devem ser desenvolvidas de forma contínua e dinâmica afim de educar e motivar os funcionários a adotarem medidas de proteção. O rh da empresa pode elaborar palestras com médicos para que esclareçam as principais dúvidas dos colaboradores.

A construção de ações que incentivem o cuidado com a pele e distribuição de informativos devem ser prioridade, além do incentivo a consultas médicas regulares.

Inteligência Artificial na seleção de pessoas

O processo seletivo é uma atividade trabalhosa para profissionais de RH, tarefa que vai desde a divulgação de vagas até o momento da contratação.

Diante da necessidade de otimização o processo de recrutamento e seleção de pessoas conta com diversas ferramentas digitais que podem facilitar e automatizar a contratação, usando a Inteligência Artificial para encontrar os melhores perfis profissionais para os cargos oferecidos.

A Inteligência Artificial não veio para substituir o setor de RH, mas para facilitar os processos, aumentando a qualidade e efetividade da seleção, além de gerar resultados positivos para a empresa.

O que é a Inteligência Artificial?

Algoritmos que podem ser definidos como qualquer software que viabiliza a tomada de decisões.  É considerada uma esfera da ciência da computação e foi criada para a solução de falhas cognitivas nos processos operacionais.

Responsável por armazenar dados e analisá-los, através da operação de ações positivas, de acordo com os registros feitos pelo sistema do software. Permite que o setor de gestão faça avalições precisas das competências dos profissionais.

Como funciona?

O processo de recrutamento e seleção tem como objetivo recrutar o profissional ideal para a vaga disponível. Esta tarefa nem sempre é fácil, por isso é necessário ter um projeto bem estruturado e estratégico.

O sistema de inteligência instalado na empresa deve ser configurado por um profissional adequado, que após conter as informações necessárias, passa a agir de modo automático.

 

Benefícios

A inteligência artificial oferece diversos benefícios aos processos do setor de recursos humanos:

– Recrutamento: é possível selecionar os candidatos que se encaixam no perfil da vaga através de uma análise feita pelo próprio sistema, que compara os dados disponibilizados pelos profissionais e pela empresa.

– Agilidade: possibilita uma triagem de currículos mais focada que economiza tempo, fornecendo um relatório preciso dos candidatos, melhorando a qualidade das seleções.

– Objetividade: a inteligência artificial avalia o profissional pelas habilidades que ele apresenta, não envolvendo a interferência humana do recrutador que proporciona uma diversidade de talentos.

– Assertividade: com a transparência de dados na tomada de decisões, a inteligência fornece contratações mas precisas, aumentando o engajamento e diminuindo o turnover.

– Experiência do candidato: processos seletivos costumam ser cansativos, fazendo com que as avaliações demandem tempo e até mesmo recursos dos participantes. Os sistemas de automação proporcionam comodidade ao candidato, que pode responder questionários e enviar vídeos virtualmente. O software permite a triagem de currículos e análise de emoções pela entrevista de vídeo.

– Avaliação de candidatos: a inteligência mensura o desempenho dos candidatos durante as entrevistas, dinâmicas e testes.

 

Como aplicar?

A Inteligência Artificial pode ser aplicada em diversas etapas do recrutamento e seleção, tornando a rotina dos RHs estratégica dentro das empresas.

Pode ser usada para avaliar o comportamento e as competências dos candidatos em situações reais com aplicações como gamificação e chatbots que são tendências no mercado. Conheça mais sobre as formas de aplicação.

– Triagem de currículos: o uso de um recrutador virtual capaz de tornar o processo de seleção de currículos mais rápido e preciso, analisando de maneira mais objetiva os dados e atribuições de um candidato.

– Chatbots: uso de uma assistente virtual durante o momento de inscrição em uma vaga, que possa tirar dúvidas e agilizar o processo.

– Candidato ideal: construir um modelo ideal de candidato ao cruzar informações de perfis captados com as da empresa, selecionando assim somente os candidatos que apresentam perfis compatíveis com o ideal.

A inteligência artificial auxilia na organização de todos os processos do recrutamento.

 

Novembro Azul e o impacto na cultura de sua empresa

O mês de novembro é marcado pela campanha de conscientização sobre o câncer de próstata, segundo tipo de câncer que mais afeta homens em todo o mundo.  O Instituto Nacional do Câncer (Inca), afirma que a doença atinge cerca de 28,6% de homens no Brasil e em 2018 diagnosticou cerca de 66,12 novos casos a cada 100 mil homens.

Homens em geral tendem a negligenciar a própria saúde, o que faz com que o câncer de próstata seja um tabu a ser superado, pois o assunto ainda gera medo e preconceito.

O Novembro Azul é uma ação mundial para a conscientização do combate ao câncer de próstata.

Alertar os colaboradores sobre os cuidados com a saúde deve envolver toda a equipe e cabe ao RH o papel de construir ações preventivas sobre o Novembro Azul.

 

Origem da Campanha

A campanha do Novembro Azul surgiu na Austrália, em 2003 com o objetivo de conscientizar sobre os índices de casos de câncer de próstata e a necessidade de prevenção, aproveitando o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata que já era realizado em 17 de novembro.

Em 2014, a campanha chegou ao Brasil, ao iluminar pontos turísticos do país. Mesmo com ações durante o mês, o exame de próstata que é método mais eficaz no diagnóstico de anomalias na próstata, ainda sofre preconceito.

 

Fatores de Risco

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, homens a partir dos 50 anos devem ficar atentos a saúde da próstata e pessoas com histórico familiar da doença, principalmente em parentes de primeiro grau antes dos 60 anos fazem parte do grupo de risco. Estudos recentes revelam que homens com sobrepeso tendem a desenvolver o câncer.

O ideal é incentivar que os exames de prevenção sejam realizados (exame PSA e do exame de toque retal) a partir de 40 anos de idade. Diagnósticos que são feitos cedo aumentam as possibilidades de tratamento e chances de cura.

 

Prevenção

Hábitos saudáveis como uma alimentação equilibrada, rica em fibras, frutas, verduras, legumes e com pouca gordura diminuem o risco do desenvolvimento do câncer e também de doenças crônicas não-transmissíveis.

Aliado a isso, a prática de atividades físicas regulares, a diminuição do consumo de álcool e cigarro e o peso corporal adequado auxiliam na prevenção.

 

Ações para aderir ao Novembro Azul

Para que haja uma abordagem efetiva do tema é necessário incentivar os colaboradores a superarem preconceitos e fazerem os exames necessários, além de adotarem hábitos preventivos.

Aborde os sintomas
A conscientização é o fator principal no combate ao preconceito e no esclarecimento de dúvidas. O câncer de próstata tem evolução silenciosa em sua fase inicial e muitos pacientes não apresentam sintomas, o que prejudica o diagnóstico precoce.
Em fases mais avançadas, quando há um crescimento do tumor, alguns sintomas podem ser notados:
– dificuldade de urinar;
– necessidade de urinar mais vezes ao dia;
– dor nos ossos;
– infecção generalizada (em casos graves);
– insuficiência renal (em casos mais avançados).

Promova momentos de discussão
Estatísticas apontam que algum colaborador teve ou conhece alguém com diagnóstico de câncer de próstata. Falar sobre estes casos na empresa é uma maneira de fazer com que a equipe reflita e fique mais atenta.

Convide médicos, psicólogos e pessoas que superaram o câncer para falar sobre o assunto.

Para isso, é preciso evitar a exposição de pessoas que não se sentem à vontade em contribuir, deixando a equipe confortável para falar sobre o assunto. Conversas com a equipe são uma maneira de demonstrar preocupação com o bem-estar e a saúde de todos, além de possibilitar a troca de experiências, o aprendizado e técnicas preventivas.

Realize o dia azul na sua empresa
Em Caxias do Sul Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata peça que todos vistam uma peça de roupa azul, distribua panfletos informativos sobre os principais sintomas e prevenção, adesivos e decore a empresa. Estas ações mesmo que pareçam simples promovem um debate sobre o tema entre os colaboradores.

Cabe ao departamento de Recursos Humanos investir na temática dentro da empresa para contribuir com a saúde dos colaboradores e esclarecer dúvidas sobre a doença. O Outubro Rosa unido ao Novembro Azul são campanhas de extrema importância à serem realizadas pelas empresas.

Acompanhe o nosso blog.
Curta a nossa página no Facebook.

O impacto da Ginástica Laboral no desempenho de sua equipe

O sedentarismo é muito comum nos ambientes organizacionais, onde os funcionários passam a maior parte do dia sentados em frente à um computador ou realizando atividades repetitivas.

Manter uma equipe produtiva e motivada é um desafio para as grandes empresas, mas gera um impacto direto na performance e desempenho dos trabalhadores. Para isso, é importante investir em meios que incentivem os colaboradores, como a ginástica laboral.

Através da gestão da qualidade de vida no ambiente de trabalho é possível proporcionar um clima organizacional harmônico, onde os funcionários se sentem engajados e valorizados pela empresa.

 

O que é?

A ginástica laboral é meio de estimular um estilo de vida mais saudável para os funcionários, contribuindo para a valorização do bem-estar no trabalho.

Exercícios físicos leves realizados no ambiente de trabalho, durante o expediente. Seu objetivo é melhorar a saúde dos funcionários, prevenindo e aliviando dores ou incômodos, para evitar lesões futuras por esforço repetitivo e doenças ocupacionais. Representa a preocupação das empresas com a qualidade de vida dos colaboradores.

 

Como pode ser realizada?

Pode ser realizada diariamente, conduzida por um profissional adequado, como um professor de educação física ou fisioterapeuta. Os exercícios devem ser desenvolvidos de acordo com o tipo de atividade realizada pela equipe, como exercícios para corrigir problemas na postura para profissionais que passam o dia sentados.

Tipos de ginástica laboral:

Ginástica preparatória: dura entre 5 e 10 minutos, pode ser feita nas primeiras horas do dia, antes do início do trabalho. Consiste em exercícios de aquecimento ou alongamento capazes de melhorar a disposição.

Ginástica compensatória: pode ser realizada durante a jornada de trabalho, como em uma pausa, consiste em atividades de descontração e relaxamento muscular, utilizando exercícios de alongamento e respiração.

Relaxamento: realizada no final do expediente, serve para minimizar o ritmo de trabalho, fazendo com que os funcionários possam ir para suas casas sem estresse e tensões, através de exercícios de respiração, meditação e massagens.

Corretiva: com o objetivo de combater situações de desconforto no trabalho que podem causar consequências desagradáveis para o corpo, busca encontrar o equilíbrio muscular através de exercícios de fortalecimento e alongamento dos músculos.

 

Benefícios da ginástica laboral para os colaboradores e a empresa

A prática da ginástica laboral permite que o colaborador movimente seu corpo, impactando em sua saúde física e mental, tonando a equipe mais saudável, garantindo:

– Produtividade: melhora o aproveitamento dos funcionários no trabalho.

– Integração: proporciona um momento de descontração e integração entre a equipe.

– Redução de doenças ocupacionais: a ginástica ajuda a prevenir doenças crônicas como problemas de coração, hipertensão e diabetes.

– Redução da fadiga: faz com que os trabalhadores tenham mais disposição.

– Satisfação: os funcionários passam a se sentir mais valorizados, agindo com mais dedicação e satisfação na realização de suas tarefas.

 

Como implementar

A empresa deve contratar um educador físico ou fisioterapeuta especializado para conduzir as atividades de forma correta e segura. O ideal é que a empresa separe um lugar específico para realizar os exercícios, para que os funcionários não precisem se deslocar.

Os líderes devem incentivar os colaboradores a fazerem parte, mostrando como seus benefícios e resultados contribuem para a saúde de todos.

Empresas que pensam na qualidade de vida dos funcionários se destacam em meio à outras. Esta iniciativa possui resultados efetivos e imediatos, ajudando a prevenir riscos ocupacionais, que afetam grande parte dos profissionais da atualidade.

Acompanhe o nosso blog.
Curta a nossa página no Facebook.

Outubro Rosa: vamos falar sobre câncer de mama no trabalho?

O câncer de mama é o tumor maligno que mais mata mulheres no Brasil e no mundo, depois do câncer de pele. Neste ano, o INCA (Instituto Nacional de Câncer) registrou a estimativa de que cerca de 59.700 novos casos tenham sido diagnosticados, sendo 56 casos a cada 100 mil mulheres.

Dos diagnósticos de câncer em mulheres, 25% dos casos são do câncer de mama.

Um estudo feito pelo Hospital do Câncer de Barretos revelou que nos últimos 14 anos, a taxa de mortalidade entre as mulheres caiu cerca de 42,85% em decorrência de diagnósticos precoces e exames preventivos, como a mamografia e o autoexame feito na mama.

No mês de outubro, a conscientização sobre os riscos e o combate ao câncer de mama deve ser discutida no ambiente de trabalho, afinal, o câncer não escolhe cor, idade ou cargo.

 

Ações sobre o outubro Rosa

Mesmo sendo um tabu no meio empresarial, homens e mulheres devem ser estimulados a participar das atividades alusivas ao mês, permitindo que os colaboradores estejam preparados para auxiliar uns aos outros.

Algumas ações podem ser adotadas para incentivar a participação dos funcionários:

– Faça o dia Rosa com a sua equipe, onde todos possam participar vestindo algo rosa;

– Distribua materiais de orientação e conscientização;

– Faça uma decoração com o tema do mês no ambiente de trabalho;

– Promova palestras motivacionais com médicos, psicólogos e mulheres que venceram a doença;

– Estimule a realização de trabalhos voluntários com organizações que combatem e previnem o câncer;

– Incentive a prática de exercícios físicos e ginástica laboral;

– Estimule a realização de exames preventivos entre as colaboradoras;

– Abra um espaço para o diálogo entre os colaboradores;

 

Benefícios para a sua empresa

A campanha deve ser adotada por meio dos RHs das empresas, conscientizando os funcionários a se informarem e adotarem ações preventivas, proporcionando grandes benefícios para a equipe:

– Gerando mais engajamento entre o grupo;

– Reduzindo os níveis de estresse no trabalho;

– Aproximando as pessoas através da empatia;

– Humanizando as ações tomadas pelos gestores;

– Estimulando o autocuidado entre os funcionários.

 

A prevenção é o melhor remédio

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados apenas adotando hábitos saudáveis como a prática de exercícios físicos e uma alimentação balanceada.

Mulheres de todas as idades podem realizar o autoexame uma vez por mês fora do período menstrual. Qualquer alteração perceptível nas mamas pode ser um indicativo de problemas graves, por isso, procure um médico.

A mamografia é obrigatória após os 40 anos de idade, e através dela é possível detectar nódulos imperceptíveis, que não podem ser identificados no autoexame.

Acompanhe o nosso blog.
Curta a nossa página no Facebook.

A influência dos pais na escolha profissional dos filhos

Como vimos aqui no último texto do blog, a busca pelo primeiro emprego é uma dúvida muito grande e um passo muito importante na vida dos jovens que terminam o ensino médio ou já se sentem aptos a trabalhar.

Continue lendo

Antigos Posts

© 2021 Blog Missão RH