Category: Qualificação (page 2 of 3)

Aqui você encontra conteúdo para qualificação profissional.

6 Melhores países para trabalhar no exterior

Afirmar quais são os melhores países para trabalhar no exterior não é uma tarefa fácil.

Isso porque, existem diversos fatores que devem ser levados em conta na hora de definir quais lugares valem a pena ou não.

Dependendo da pessoa com quem você estiver conversando sobre viver e trabalhar em um determinado país, as opiniões podem ser totalmente opostas. 

Continue lendo

Saiba como realizar dinâmicas em grupo nos processos seletivos

Dinâmicas em grupo nos processos seletivos são atividades muito importantes para descontrair os candidatos e avaliar suas habilidades individuais. 

Além disso, essas dinâmicas podem ser usadas para analisar o trabalho em equipe e como os participantes se comportam mediante às situações desafiadoras. 

Ao mesmo tempo que as etapas de seleção e entrevista são essenciais para definir quais são os perfis ideais para a empresa, as atividades em grupo também podem se mostrar bastante úteis neste processo.

Continue lendo

Intercâmbio no currículo: Entenda a importância de registrar sua viagem no currículo

Incluir o Intercâmbio no currículo é uma ótima oportunidade para se destacar no mercado de trabalho e arrumar aquele emprego dos sonhos!

Mas você pode estar se perguntando: O intercâmbio faz diferença na hora da entrevista? 

Bem, a resposta é sim! Registrar a sua experiência internacional pode ser um fator decisivo para que você seja um dos selecionados no processo seletivo. 

Continue lendo

Importância do currículo em processos seletivos: Descubra como fazer o seu!

Entender a importância do currículo em processos seletivos é fundamental para garantir que você seja selecionado para a entrevista de emprego e consiga aquela oportunidade dos sonhos.

Montar um currículo bem estruturado e atrativo com certeza abrirá muitas portas para você no meio profissional. 

Por isso, neste artigo vamos mostrar qual a importância do currículo e como fazê-lo da melhor forma.

Confira!

Continue lendo

Confira quais são as 7 perguntas mais comuns em entrevistas de emprego

As perguntas mais comuns em entrevistas de emprego geralmente são as mais simples de responder e, ao mesmo tempo, são as que definem se o candidato tem o perfil ideal para a vaga.

Sabemos que em processos seletivos é comum ficarmos apreensivos na hora de responder os questionamentos feitos pelo recrutador.

Por isso, separamos 7 perguntas mais comuns em entrevistas para que você se prepare da melhor forma!

Continue lendo

Produtividade no trabalho home office: 7 dicas para ser mais produtivo em casa!

Manter a produtividade no trabalho home office exige muita dedicação e disciplina, afinal, quem não fica tentado em dar uma conferida nas redes sociais ou até mesmo acompanhar as últimas notícias na TV?

Ainda mais agora que estamos enfrentando um período de pandemia mundial, se adaptar a essa modalidade de trabalho é indispensável!

Sabemos que as distrações do dia a dia podem ser grandes empecilhos durante o home office, sendo assim, é fundamental que sejam estabelecidos limites durante o horário de trabalho.

Por isso, separamos 7 dicas para te ajudar a aumentar a sua produtividade enquanto você estiver trabalhando em casa.

Boa leitura!

1. Escolha um Local Adequado

Para aumentar a produtividade no trabalho home office, antes de tudo, é muito importante que você escolha um lugar adequado para trabalhar na sua casa.

Escolher um ambiente silencioso e, de preferência, bem iluminado fará com que você cumpra suas tarefas de forma muito mais produtiva.

Outra dica é evitar espaços destinados ao lazer, bem como o sofá da sala ou sua cama. Desse modo, você não irá misturar o local de descanso com o trabalho e conseguirá se concentrar mais facilmente.

2. Nada de Pijamas, viu?!

Apesar de ser um costume bastante comum na rotina de pessoas que trabalham home office, usar pijamas faz com que a nossa produtividade diminua (e muito!).

Isso acontece pois o nosso cérebro já está acostumado a associar que se estamos com roupa de dormir é porque vamos descansar. Logo, nossa capacidade de concentração e desempenho ficam reduzidas.

Por isso, é essencial que você troque de roupa antes de começar a trabalhar. Há pessoas que gostam de usar acessórios, perfume e até maquiagem para o home office, o importante é seguir uma rotina para que você consiga diferenciar o horário de trabalho e lazer na sua casa.

3. Estabeleça Horários

Muitas pessoas enxergam o home office como uma grande vantagem por conta da flexibilidade de horários. Contudo, é importante que você defina um período do dia para realizar suas tarefas e não se distraia com outras coisas.

Além disso, estabelecer um horário de trabalho é fundamental para que você não fique até altas horas respondendo clientes ou finalizando tarefas, isso pode acabar prejudicando a sua saúde. E não é isso que queremos, certo?!

4. Explique a Situação para seus Familiares

Se você mora com mais pessoas na sua casa, manter a produtividade no trabalho home office pode se tornar uma tarefa bastante complicada, ainda mais se você for o único que está trabalhando. Barulho de TV, música ou até conversas podem ser suficientes para distrair a sua atenção.

Por esse motivo que você deve explicar a situação para a sua família e pedir para que não haja interferências durante o horário de trabalho. Caso tenha crianças pequenas faça pausas para atender às suas demandas e retorne assim que puder.

5. Converse com seus Colegas

Pode não parecer, mas manter uma comunicação frequente com seu chefe e colegas de trabalho é indispensável para aumentar a produtividade no trabalho home office.

Além de estar sempre atualizado sobre as demandas e tarefas que precisam ser cumpridas, essa comunicação faz com que você não fique isolado durante o período de trabalho remoto.

Algumas ferramentas também podem facilitar a troca de informações e fazer reuniões online, entre elas estão:

  • Skype
  • Discord
  • Zoom
  • Hangouts

6. Nada de Limpeza durante o Expediente

Sabemos que é difícil dizer não para a louça suja, cama desarrumada e pó na estante, ainda mais quando estamos diante da bagunça.

Entretanto, é muito importante que você consiga separar o momento de arrumar a casa e fazer home office, caso contrário, você não conseguirá deixar suas tarefas em dia.

Planeje a sua semana e organize antecipadamente as horas que você irá utilizar para fazer a faxina, assim, você dará conta de todas as tarefas.

7. Ser Produtivo no Trabalho Home Office exige Disciplina

Por fim, tenha disciplina durante o período que você estiver home office!

Apesar das dicas que colocamos aqui, se você não tiver foco e dedicação, o seu trabalho não andará pra frente.

É preciso muita força de vontade para não ceder às distrações do dia a dia, mas, se você conseguir, levará esse aprendizado para toda a vida!

Agora que você já sabe como ser produtivo no trabalho home office, a sua rotina de trabalho ficará muito mais simples! Cadastre agora mesmo o seu currículo no site Missão RH e acompanhe nosso blog! Cuidem-se, e até a próxima!

Descubra o que é linguagem não verbal em processos seletivos e porque ela está te eliminando nas entrevistas de emprego.

A linguagem não verbal em processos seletivos é um fator essencial na hora de realizar uma contratação. Mas, afinal, o que é linguagem não verbal?

Bem, antes de tudo, é importante saber que a linguagem verbal nada mais é do que uma comunicação feita através de palavras, ou seja, da fala. Já a linguagem não verbal se dá por meio de gestos, posturas e expressões faciais.

A comunicação não verbal acontece na maioria das vezes de forma involuntária e é por isso que muitos candidatos acabam sendo eliminados de processos seletivos antes mesmo de passarem para a próxima fase.

Será que você pode estar agindo de forma incorreta nas entrevistas de emprego? Continue lendo para descobrir!

 

Você Está Dando Sinais Errados?

Pernas inquietas

Um dos sinais mais comuns que expressa o nervosismo é a perna inquieta. Balançar as pernas constantemente durante a entrevista de emprego pode dar a entender que você está impaciente ou até irritado por estar ali.

Procure não cruzar as pernas e sente-se de forma confortável, assim irá parecer que você está mais à vontade.

Não fazer contato visual

Outro sinal que pode estar te eliminando de processos seletivos é não fazer contato visual.

Olhar nos olhos de quem está lhe entrevistando é fundamental para demonstrar confiança e interesse. Além disso, é muito mais fácil conquistar a simpatia de quem está do outro lado da mesa ao olhar nos seus olhos e prestar atenção enquanto ela fala.

Má postura

A linguagem não verbal em processos seletivos também pode estar te prejudicando por conta da sua postura.

Pois é! Ficar à vontade durante a entrevista não significa inclinar as costas para frente. Mantenha sua coluna ereta e procure deixar sua cabeça erguida, mostrando que você está confiante!

Cruzar os braços

Este sinal pode ser o mais perigoso de todos.

Cruzar os braços durante a entrevista de emprego demonstra falta de interesse por parte do candidato.

Além disso, alguns profissionais podem até descartá-lo do processo seletivo antes mesmo de fazer qualquer pergunta, apenas pela sua linguagem corporal.

Evite gestos de fechamento como este. Deixe as mãos no colo e de preferência não cruze as pernas.

 

Use os Gestos a Seu Favor

Como você pôde ver, é perfeitamente normal nos sentirmos ansiosos e apreensivos em uma entrevista, ainda mais quando se trata daquela vaga dos sonhos!

Mas lembre-se sempre de manter a calma, respirar fundo e mostrar que você está realmente interessado no emprego!

Sorrir sempre que possível, gesticular de forma moderada e demonstrar entusiasmo no tom de voz são algumas das boas práticas que você pode ter ao participar de uma entrevista.

Utilize a linguagem não verbal em processos seletivos da melhor forma e sem dúvidas conseguirá o emprego dos seus sonhos!

Gostou do texto? Então não deixe de conferir outros conteúdos sobre processos seletivos no nosso blog!

A importância de aprender inglês para sua carreira

Um cidadão global consegue se adaptar à diferentes lugares, culturas e costumes do mundo além de ter facilidade para se comunicar e interagir com pessoas de diversos países.
Aprender um novo idioma além do que se está habituado é importante para o desenvolvimento pessoal, cultural e também possibilita mais chances de sucesso profissional.

 

A língua mais falada no mundo

O idioma mais falado e ensinado hoje é o inglês, que está presente em todos os continentes do planeta, na maior parte das coisas que vemos, ouvimos e consumimos, sendo indispensável no que se diz respeito à economia, política, turismo e telecomunicações.

Idioma oficial de no mínimo 55 países, o inglês é a primeira língua de mais de 400 milhões de pessoas em todo o mundo, e utilizado como segunda língua por quase 500 milhões de pessoas.

 

Surgimento do idioma

O idioma que surgiu na Grã-Bretanha, na Idade Média, passou por algumas mudanças e variações devido a influência dos sotaques, como é o caso do inglês britânico e do inglês americano, que possuem suas particularidades.

Ele foi incorporado ao nosso vocabulário e exerce uma grande influência sobre a nossa cultura.

 

Aprender inglês pode abrir novas portas

Seja para fazer uma viagem, conseguir uma boa colocação profissional, ler um material acadêmico ou simplesmente para realização pessoal, o conhecimento do inglês é sugerido como o primeiro idioma a ser aprendido por quem busca uma segunda língua.

Países que têm o inglês como língua oficial como os Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Austrália e Irlanda são os mais procurados para intercâmbios estudantis, principalmente, por brasileiros que buscam o aperfeiçoamento na língua e novas experiências.

 

Inglês: diferencial essencial para sua carreira

O mercado de trabalho tem exigido cada vez mais dos profissionais.
Com a globalização, a relação entre os países se estreitou, originando novos negócios e parcerias entre o ramo internacional, estimulando a exigência sobre o conhecimento em línguas estrangeiras.
No Brasil, pesquisas revelam que o domínio de um segundo idioma pode gerar um ganho salarial de 60% a mais em relação à uma pessoa que domine apenas um idioma. A fluência em inglês hoje é um diferencial bastante competitivo, já que apenas 3% da população afirma possuir conhecimento de fala e escrita nesta língua.

 

E aí, ficou inspirado? Deixe seu comentário contando sobre a importância do inglês para você.

Quer ler outras dicas para desenvolvimento pessoal e profissional? Confira no nosso site.

Curta a nossa página no Facebook

Componentes da Inteligência Emocional: conheça!

Inteligência emocional é de extrema importância para o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa porque pode ser um grande aliado para lidar com os desafios do cotidiano.

Neste texto, trazemos os quatro componentes principais da inteligência emocional que podem auxiliar você a se tornar um profissional ainda mais completo, eficiente e seguro de si.

Continue lendo

O que são Soft Skills e por que você precisa delas

Soft Skills são as competências comportamentais do candidato. 

Já não basta mais, para ser contratado, ter um diploma e habilidades técnicas (as hard skills): é preciso desenvolver habilidades sociais, emocionais e comportamentais.

Continue lendo

Antigos Posts Recentes Posts

© 2021 Blog Missão RH